TURISMO-SA
City Break Facebook Instagram Twitter Youtube
HOTELARIA

Hilton promete dobrar investimento em impactos sociais e cortar pela metade influências ambientais





Nova pesquisa com clientes confirma que esforços ambientais e sociais são essenciais para decisões de reservas de hóspedes em hotéis

A Hilton anunciou que irá cortar pela metade sua influência ambiental e dobrar seu investimento em impacto social até 2030. Com este compromisso, a Hilton irá se tornar a primeira empresa mundial de hotelaria a instituir objetivos baseados em fatores científicos a fim de reduzir as emissões de carbono e eliminar resíduos de sabão em aterros.

A empresa também irá dobrar o montante que gasta com fornecedores locais e minoritários, bem como duplicar seu investimento em programas para ajudar mulheres e jovens ao redor do mundo. Estas metas são parte da estratégia de responsabilidade corporativa Travel with Purpose da Hilton para continuar a Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas.

A nova pesquisa com clientes reafirma a estratégia de responsabilidade corporativa da Hilton. Segundo uma enquete com 72.000 hóspedes da Hilton, considerações sociais, ambientais e éticas são fundamentais para suas preferências de compra, especialmente aqueles com menos de 25 anos de idade. A enquete de seis dias foi realizada em maio de 2018 e perguntou aos viajantes se eles pesquisam os esforços ambiental e social da empresa hoteleira. Ela descobriu que:

• 33% buscam ativamente esta informação antes de reservar - destes, 60% realizam a pesquisa mesmo se a informação não estiver facilmente acessível

• 44% com menos de 25 anos buscam ativamente esta informação

• 36% dos viajantes a lazer buscam ativamente esta informação, comparados com 29% dos viajantes a negócios

• Viajantes do sexo feminino (39%) têm mais probabilidade de buscar ativamente esta informação antes de reservar, do que os viajantes do sexo masculino (29%)

• Hóspedes que estão na América Central / do Sul (46%), Oriente Médio / África (45%), Ásia Pacífico (41%) e Europa Continental (35%) têm mais probabilidade de buscar esta informação antes de reservar

"Durante quase 100 anos, a Hilton vem sendo conduzida por nossa missão de ter um impacto positivo nas comunidades em torno de nossos hotéis", disse Christopher J. Nassetta, presidente e CEO da Hilton, e presidente do World Travel Tourism Council. "Neste Período Promissor de Viagens, assumimos um papel de liderança a fim de assegurar que os destinos onde os viajantes trabalham, relaxam, aprendem e exploram sejam vibrantes e resilientes para gerações de aventureiros ainda por vir".

Em abril, Nassetta uniu forças à Patricia Espinosa, secretária executiva da Convenção Estrutural sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas, a fim de estimular líderes de empresas de viagem e turismo em uma "agenda comum" a tomar uma atitude sobre mudanças climáticas, implementar o Acordo Climático de Paris e adotar alvos baseados em fatores científicos para reduzir as emissões de carbono.



As novas metas da Hilton para 2030 incluem os seguintes objetivos sociais e ambientais:

Cortar o impacto ambiental pela metade para ajudar na proteção do planeta

• Reduzir a intensidade das emissões de carbono em 61%, alinhado com o Acordo Climático de Paris e aprovado pela Iniciativa de Objetivos Baseados em Fatores Científicos (SBTi)

• Reduzir o consumo de água e resíduos produzidos em 50%

• Remover canudos plásticos de propriedades administradas

• Fornecer de modo sustentável carnes em geral, frangos, frutas, frutos do mar e algodão

• Expandir o programa existente de reciclagem de sabão para todos os hotéis e eliminar resíduos de sabão em aterros Dobrar o investimento social e conduzir a mudança positiva em comunidades

• Dobrar o valor gasto com fornecedores locais, pequenos e minoritários

• Duplicar o investimento em programas de oportunidades para mulheres e jovens, incluindo parcerias com organizações locais e escolas

• Contribuir com 10 milhões de horas de voluntariado através de iniciativas de Membros de Equipes

• Dobrar o suporte monetário para esforços de ajuda em desastres naturais

• Avançar em capacidades de Direitos Humanos na cadeia de valor agregado da Hilton a fim de erradicar o trabalho forçado e o tráfico A Hilton já é líder em meio ambiente na indústria. Desde 2008, a empresa reduziu as emissões de carbono e resíduos em 30%, energia e consumo de água em 20%, poupando mais de US$ 1 bilhão em eficiências operacionais. LightStay, um sistema premiado de medição do desempenho, calcula, analisa e registra o impacto ambiental em cada um dos mais de 5.300 hotéis da Hilton. A Hilton irá utilizar o LightStay para rastrear sua meta de reduzir as emissões de carbono em 61% mediante seu portfólio até 2030.

"A Organização Mundial de Turismo elogia o foco da Hilton em sustentabilidade, que está alinhado com nosso compromisso geral uma vez que a agência da ONU está dedicada em promover o turismo sustentável para o desenvolvimento mundial", disse Zurab Pololikashvili, secretário geral da Organização Mundial de Turismo (UNWTO). "A Hilton tem sido nossa parceira neste esforço de aumentar a consciência entre os clientes com exemplos de melhores práticas para a indústria da hospitalidade."

"Empresas representam um papel importante na solução de nossas crises climáticas", disse Sheila Bonini, vice-presidente sênior de Engajamento com o Setor Privado da World Wildlife Fund. "Ao se comprometer com reduções de emissões de significativa intensidade baseadas em fatores científicos, a Hilton está colocando em movimento um plano que terá efeitos de difusão através da indústria de hospitalidade enquanto proporciona opções mais sustentáveis aos viajantes."

Clique aqui para saber mais sobre Travel with Purpose e as Metas até 2030.

Postado por Angela Karam - 05/06/2018 às 12:00

TAGS: Hilton - Investimento - Trabalho - Oportunidade



Leia mais sobre Hotelaria - Página inicial